Sex, 06 de dezembro de 2019, 12:47

Professora apresenta resultados de projeto de dança com crianças e jovens autistas em encontro científico
Grupo TALT funciona desde 2007

Reforçar o diálogo entre as técnicas da Fisioterapia Neurofuncional associadas à dança. Esse foi o objetivo da palestra “Particularidades de programas de exercícios comunitários com disfunção neurológica”, proferida pela professora Lavinia Teixeira, do Departamento de Educação em Saúde, no III Encontro Nacional de Fisioterapia Neurofuncional, um dos maiores na área no país, em Salvador.
A docente expôs a experiência realizada no Grupo TALT (Técnica Aplicada Lavínia Teixeira), em funcionamento desde 2007, que utiliza a dança com crianças e jovens com autismo, síndrome de Down e paralisia cerebral. “Foi uma ótima oportunidade porque estive como palestrante convida para um público da área do Brasil inteiro e até alguns convidados internacionais. No mesmo evento, fui convidada para ser delegada (representante) da Associação aqui em Sergipe”, pontua.
O Encontro, organizado pela Associação Brasileira de Fisioterapia Neurofuncional (Abrafin), foi realizado entre 15 e 17 de novembro.