Qui, 22 de junho de 2017, 14:19

Alunos do 1º ciclo realizam VI Mostra da PEC
Evento foi realizado no Parque de Exposição Paulo Nicolau de Almeida

Estudantes do 1º ciclo realizaram nesta quarta-feira,21, a VI Mostra de Experiências e Práticas na Comunidade, da disciplina Práticas de Ensino na Comunicdade I (PEC I,)no Parque de Exposição Paulo Nicolau de Almeida, onde está sendo realizado o V Festival da Mandioca, promovido pela Prefeitura de Lagarto. No evento, o público teve a oportunidade de conhecer por meio de exposições fotográficas, maquetes, cordéis, poesias, músicas, as atividades feitas por cerca de 330 alunos, divididos em 30 grupos, na área urbana e nos povoados do município de Lagarto ao longo de todo o ano letivo de 2016 que se encerra em junho.


Turma visitante do Assentamento Che Guevara
Turma visitante do Assentamento Che Guevara
Diretora Geral do Campus de Lagarto, professora Adriana Carvalho.
Diretora Geral do Campus de Lagarto, professora Adriana Carvalho.
Turma visitante do Povoado Brasília
Turma visitante do Povoado Brasília

O coordenador da PEC, professor Tales Iuri, do Departamento de Educação em Saúde, informou que uma das características e competências básicas desses alunos para a formação na área da saúde é o vínculo com o território. "O propósito desse evento é compartilhar as vivências e o aprendizados desses alunos realizados este ano (2016) no território. A subunidade curricular Práticas de Ensino na Comunidade ela tem como objetivo vivenciar e aproximar esse aluno do SUS, do território e da Comunidade, da estratégia da saúde da família. Nesse momento é uma oportunidade de Compartilhar essas informações com todos eles , para que conheçam as demandas e as necessidades de outros territórios, assim como potencialidades, que podem servir de estímulo para a própria transformação na formação", explicou o docente.


Turma 36 da reciclagem no Campo da Vila
Turma 36 da reciclagem no Campo da Vila
Turma visitante do Povoado Olho D'água
Turma visitante do Povoado Olho D'água

Segundo o professor Tales, a proposta é construir uma percepção de saúde que coloque a família no projeto terapêutico, não apenas a doença, mas compreender toda a determinação social da saúde e como esse processo está relacionado com a dinâmica da saúde no dia a dia. O docente disse ainda que é possível perceber uma mudança fantástica na criticidade, questionamento e reflexão desses alunos, como por exemplo quanto ao reconhecimento da importância de políticas públicas. Outro aspecto, refere-se que a partir da vivência das potencialidade e fragilidades do território,os alunos passam advogar pelas necessidades da comunidades, inserindo a Promoção da Saúde como competência na formação."Esses alunos vem de um ensino médio, ainda sob uma perspectiva muito meritocrática, que valoriza a disputa. Na PEC (Prática de Ensino na Comunidade) eles se inserem em cenários que os sensibiliza para a importância do trabalho em equipe. Isso também é favorecido pela composição das turmas, pois são alunos de vários cursos da saúde inseridos no mesmo território",concluiu.


Turma 22 do Campo da Vila
Turma 22 do Campo da Vila
Turma do Povoado Piabas
Turma do Povoado Piabas
Maquete de área do bairro Libório
Maquete de área do bairro Libório
Tenda da Turma 17, visitante do Povoado Jenipapo
Tenda da Turma 17, visitante do Povoado Jenipapo
Atualizado em: Dom, 25 de junho de 2017, 15:47
Notícias UFS
Aviso
Comunicado
Pró-Reitorias informam sobre suspensão das aulas